pontos.de.vista > exposições > Stefan Rohner > India, Agosto 2005 (primeira parte)
India, Agosto 2005 (primeira parte) 2005
autor: Stefan Rohner
título: 	Rickshaw driver in Delhi exposição individual
Stefan Rohner
> India, Agosto 2005 (primeira parte)
2005

24/07/05 de Deli, e-mail rápido para o meu amigo Andreas Hering

O segundo dia, ontem, foi formidável, aniversário de um guru Sahib qualquer coisa....(esqueci-me do nome dele), Os siks comemoraram o seu aniversário com uma grande festa no templo, com um pano na cabeça dado por eles eu entrei no templo, não fiz fotos, tradicionalmente todos recebem comida de graça muitos deles são pobres, se é que podemos chamá-los de pobres e não miseráveis.

Fiz algumas fotos no meio das pessoas que recebem a comida, gordos, magros, ricos, pobres, um presente do guru traz sorte...é uma benção de Deus, a multidão, incrível...

Depois disso havia gelado dado de cima de um camião, como as fotografias de zonas de guerra onde as pessoas recebem comida dos camiões, velhos, novos, ricos, pobres, avôs, avós, crianças, seres humanos de todas as idades, lutam todos por um gelado, braços lançados no ar, tudo pelo presente de Deus...

Disseram-me que isto lhes traria sorte, de início pensei que se iam matar com os pés porque nunca antes tinham comido um gelado, subi para cima do camião e fotografei estas caras e braços, e então outra vez esta pobreza incrível no meio de todos estes sentimentos positivos.

Quando saí, ao lado uma mulher pedinte com a sua pequena menina. A criança era tão bonita! mais ou menos da idade da Ariel. Tinha uma queimadura grande com 5cm nas suas costas, não sei o que poderá ter sido, vieram-me imediatamente as lágrimas aos olhos...desde essa altura continuei a pensar nesta cena e não pude fotografar...Não encontrava a forma... de qualquer modo não a quero encontrar, estou ok...apenas doi.

Hoje estava na principal estação de comboios, amontoados de gente à espera dos seus comboios, deitados no chão sobre o lixo, famílias grandes, famílias pequenas...sadus, mais uma vez não consegui erguer a camera, os que estão um pouco melhor na vida têm a bagagem transportada por coolies, outros lutam para entrar e sair dos comboios. Na terceira classe os vagões estão desesperadamente cheios. Viajam com as portas abertas, pessoas a dormir no chão, pés pendurados fora do comboio...

....vamos ver como tudo isto continua. Amanhã vou comprar um bilhete para Varanasi,

de qualquer das fotmas todos aqui são muito amigáveis

Texto: Stefan Rohner
Tradução: Sofia Quintas

fotos >>>

18 fotos de:
 Stefan Rohner


publicada em:
2005.11.01


português . english . français