a tela de uma história que não se acende
autor: Ana Pereira
título: Júlio Diniz autor convidado

a tela de uma história que não se acende

Em 2006, a propósito da produção teatral Alter-Ego da companhia Teatro Bruto, que cruzava o teatro e o cinema, a Luena propôs-me trazer também a fotografia para este dueto, através de um trabalho fotográfico sobre as salas de cinema da cidade do Porto, algumas actualmente encerradas ou com actividades paralelas à exibição de filmes.

Tentei procurar as imagens, os fantasmas, as memórias e particularidades de cada sala.
Estes momentos em que estou a fotografar parecem apenas pequenos intervalos de tempo, entre sessões, entre filmes, entre histórias.

Texto: Ana Pereira